Central Única de Contadores instituída pelo TJGO passa a abranger mais 83 comarcas

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) instituiu a Central Única de Contadores que, desde setembro, vinha trabalhando para efetivar os cálculos em processos que tramitam nas comarcas de Rio Verde e Mineiros. Os contadores atuam em regime de teletrabalho, exclusivamente dedicados à realização de cálculos processuais. A iniciativa agora vai abranger mais localidades.

Para a primeira etapa, que teve início na última segunda-feira (16), foram incorporados 51 contadores e foram selecionadas 83 comarcas. A seleção foi feita levando em conta comarcas que já estão totalmente digitalizadas ou que não costumam realizar mais que 10 cálculos por mês. No início de abril de 2021, o projeto entrará noutra fase, com o acréscimo de outras comarcas, até que todas sejam integradas à Central.

Segundo a diretora de Planejamento Estratégico do Tribunal de Justiça de Goiás, Mislene Medrado de Oliveira Borges, “o novo modelo visa a auxiliar as unidades judiciárias com déficit de contadores e com maior quantidade de processos aguardando feitura de cálculos”.

O projeto está sob coordenação da juíza auxiliar da Presidência do TJGO, Sirlei Martins da Costa. A migração das contadorias das comarcas do interior para a Central será realizada em etapas, e tem como objetivo, além da promoção de maior agilidade na tramitação dos processos, o aumento na arrecadação.