Abertas inscrições para o curso que qualificará ASPs para monitoramento eletrônico de presos

A Secretaria da Administração Penitenciária e Justiça (SAPeJUS), por meio da Gerência de Ensino da Escola Superior da Administração Penitenciária e Justiça (ESAPJ), abriu na manhã desta quarta-feira, 05/02, as inscrições para o Curso de Monitoramento e Fiscalização Eletrônica, com o objetivo de qualificar servidores do órgão para o trabalho de acompanhamento e observação da utilização das tornozeleiras eletrônicas em Goiás. Os interessados podem enviar nome e dados de documentos pessoais (CPF e RG) para o e-mail:[email protected], até às 18h do dia 20/02; e o resultado dos selecionados ocorrerá no dia 21/02, caso haja número de inscritos acima do limite de vagas ofertadas. São 24 vagas, sendo 16 para a capital e oito para cada uma das regionais. É preciso ser Agente de Segurança Prisional para se inscrever. As aulas serão ministradas na ESAPJ e ocorrerão no período de 24/02 a 28/02, nos dois turnos, em tempo integral. Informações disponíveis nos telefones (62) 3201-8198/ 8199.

De acordo com o coordenador de Monitoramento e Fiscalização, ASP Weber de Paula, o curso vai qualificar os servidores participantes para o trabalho de supervisão de fiscalização e monitoramento da utilização das tornozeleiras eletrônicas nos detentos monitorados. “É importante observar que a atividade exigirá agilidade e respostas imediatas às urgências e emergências que poderão ocorrer durante a utilização do equipamento”, disse. “Esse será um trabalho integrado com as Polícias Civil, Militar e Técnico-científica, além da equipe técnica da empresa que venceu a licitação do fornecimento das tornozeleiras”, completou ele. O coordenador explicou ainda que à princípio, nem todos os servidores que serão qualificados serão de imediato empregados na atividade. “Faremos um cadastro reserva para futuras necessidades”, disse.

Estruturação

A Coordenação de Monitoramento e Fiscalização da SAPeJUS será transformada em Gerência de Monitoramento e Fiscalização, sendo que, a partir daí, contará com três coordenações: Coordenação de Monitoramento, Coordenação de Fiscalização Externa e Coordenação Administrativa. A previsão é de que sejam instaladas inicialmente Centrais de Recepção e Cadastro nas cidades de Goiânia (Casa do Albergado), Novo Gama e Luziânia. Essas centrais serão responsáveis pelo cadastro e a instalação dos equipamentos nos detentos que serão monitorados.

A expectativa da Coordenação de Monitoramento e Fiscalização da SAPeJUS é de que até o dia 17 de março, a empresa vencedora do fornecimento das tornozeleiras e prestação de serviço na área inicie a instalação da Central de Monitoramento, que funcionará na Secretaria de Estado da Segurança Pública, em Goiânia.