sábado, 21 de outubro de 2017 62 9 9904-5026
No TRT-GO

OAB-GO mantém convênio para custear aluguel e condomínio da Agatra

A seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) continuará custeando até dezembro de 2017 o aluguel e o condomínio da sala onde funciona a Associação Goiana dos Advogados Trabalhistas (Agatra). A renovação do convênio entre as duas instituições foi aprovado aprovou na quarta-feira (19), na terceira sessão ordinária de Conselho Seccional da OAB-GO. A Agatra pe responsável pelo auxílio dos profissionais que atuam junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18ª Região, em Goiânia.

O presidente da OAB-GO, Lúcio Flávio de Paiva, diz que a manutenção do convênio procura manter a boa parceria institucional entre a Ordem e a instituição. “A Agatra coopera e cria sinergia com a OAB junto à advocacia trabalhista. É um apoio institucional importante para fortalecer o vínculo associativo. Acreditamos na necessidade de se continuar com este convênio”, afirmou Lúcio.

A maioria dos conselheiros votou favorável à continuidade do convênio.  Segundo o relator José Humberto Meireles, é importante para a OAB “auxiliar os parceiros para otimizar os serviços oferecidos à categoria e atender a sociedade de advogados de forma geral”.  “A Agatra fornece serviços de suma importância para a advocacia. Com duas entidades em atuação, garantimos maior eficiência aos nossos serviços”, destacou.

O conselheiro federal da OAB-GO Fernando de Paula, que acompanhou toda a discussão em plenário e apoiou a aprovação do convênio, disse que o tema é relevante para toda a advocacia goiana. “A Agatra tem um histórico de trabalho em prol de seus associados, cumprindo seu papel com maestria”, diz. Intermediador das conversas, Fernando de Paula diz que é o apoio é salutar. “É justo e necessário”, diz.

A presidente da Agatra, Maria Madalena Carvelo, afirmou que a entidade atende mais de 400 advogados por dia. “Nossa associação está desde a década de 1980, situada no prédio da Justiça do Trabalho. Levamos apoio imediato aos advogados e não temos fins lucrativos. Queremos nos unir, para que este trabalho continue. A gestão do presidente Lúcio Flávio já demonstrou que tem interesse em estar disponível”, avaliou.


Comentários

Receba nosso informativo

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do portal Rota Jurídica