quinta, 20 de setembro de 2018 62 9 9904-5026
USA Fácil

USA Fácil

Como a embaixada dos EUA rastreia a vida de um aplicante de visto?

Como a embaixada dos EUA rastreia a vida de um aplicantes de visto? Isso é feito com o numero do passaporte?

Quão estúpido você acha que o governo dos Estados Unidos está após o 11 de setembro?

Eles têm todas as informações do seu passaporte; uma segunda foto sua suas impressões digitais; sua assinatura.

Além disso, eles têm o histórico de todas as respostas que você já escreveu em pedidos de vistos anteriores; sua história de viagens inclusive para outros países; suas informações financeiras; sua informação familiar; suas informações telefônicas; suas informações da Internet (suas redes sociais são analisadas); milhares de funcionários em todo o mundo, recortando e digitalizando artigos de jornais e pesquisando sites para obter informações sobre você; seus registros policiais.

Além de acordos de troca de informações com as nações aliadas, bem como com seu governo (o quanto você acha que eles respeitam sua privacidade?), o Brasil dá permissão aos EUA entrar no site da Receita Federal para checar se o Imposto de Renda que você está apresentando é verdadeiro; estatísticos, linguistas, investigadores e analistas debruçados sobre todas essas informações nos Estados Unidos com a ajuda de alguns dos computadores mais poderosos do mundo antes mesmo de você chegar à embaixada.

Então, o funcionário consular vê todas essas informações em seu computador enquanto você está sentado na sala de espera, aguardando ser chamado.

Por isso que muitas vezes, pessoas têm o visto negado e “não entendem o porquê”, chegam a argumentar que sequer foram questionados sobre sua vida pessoal. Provavelmente, estas pessoas já têm um histórico bastante negativo, que sua aplicação já chega para o agente consular com a orientação de recusa.

Witer DeSiqueira – Law Offices of Witer DeSiqueira
www.witeradvogados.com

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.

Comentários



Receba nosso informativo

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro das novidades do portal Rota Jurídica